A identificação dos animais por radiofrequência

9 de janeiro de 2020 0 Por Inovacode

A identificação por radiofrequência (radio frequency identification – RFID) refere-se às tecnologias que identificam, remotamente por meio de ondas de rádio, qualquer objeto com uma etiqueta RFID

A identificação por radiofrequência (radio frequency identification – RFID) refere-se às tecnologias que identificam, remotamente por meio de ondas de rádio, qualquer objeto com uma etiqueta RFID. Essa consiste em um chip conectado a uma antena que contém várias informações sobre o status do objeto rastreado (temperatura, pressão, fonte, etc.). Ele pode ser descriptografado por um leitor externo que coleta e transmite as informações contidas na tag ou metadados. A maioria das tags usadas é considerada passiva, o que significa que elas reemitem as ondas que recebem do leitor quando as ondas passam por meio de seu campo magnético. Esse modo de identificação, que não exige nenhum contato entre as tags e o leitor, pode atender a uma variedade de necessidades. As tecnologias RFID estão melhorando e têm aplicações difundidas, abrangendo desde o sensoriamento remoto até as transações cotidianas (passes de transporte público, pedágios eletrônicos, códigos de barras de embalagens, etc.) e ajudam a melhorar a rastreabilidade de animais, produtos e mercadorias. É obrigatório obedecer as normas técnicas para que as informações armazenadas sejam transferidas a um transceptor.

LEIA TODA MATÉRIA